terça-feira, 30 de novembro de 2010

Loose Ends - Gonna Make You Mine (1986)

isaiahsway


British soul at it's best. This trio gave us this hit in the late summer of 1986 and it's A-sided counterpart "Stay a little while child" as well. What a way to cruise with your top down while this song blares through your speakers. Retrospect and enjoy

Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Joyce Sims - Come Into My Life

EseLilChivo



Joyce Sims - Come Into My Life - 1987

Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Kurtis Blow - street rock

 Download this mp3 from Beemp3.com


Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

sábado, 27 de novembro de 2010

MY ADIDAS - The Music Video by RUN DMC \\\

IHS7



Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Olha Quem Tá Aí: Fernandinho Beat Box

band

Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

amazing human beatbox

Floep2000



Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

DMX "What's My Name?"

BVMUndergroundHipHop


Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

50 Cent Featuring Mobb Deep - Outta Control (ReMix)

BVMUndergroundHipHop


Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Snoop Dogg - Whats My Name?

BVMUndergroundHipHop



Obrigado pela visita, volte sempre.
  pegue a sua no TemplatesdaLua.com

3rd Bass - Pop Goes The Weasel

BVMUndergroundHipHop

See Music Videos http://www.bvmtv.com/ that you CAN'T See on You Tube! even some X RATED music videos! +Live Chat and Embed video codes.

3rd Bass was an American hip-hop group that rose to fame in the late 1980s and early 1990s, and was notable for being one of the first successful interracial hip-hop groups.

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Ludacris - Runaway Love ft. Mary J. Blige


Music video by Ludacris performing Runaway Love. (C) 2006 DTP Records, LLC

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Zhane-"Hey Mr DJ"


Twuan89 | 2
Classic song from the 1994 album "Pronounced Jah-Nay" by Zhane

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

It's Friday night and the weekends here I need to unwind
with the party Mr DJ, DJ

I am ready to call my friends so we can boogie down with
a party heey heeeey Mr DJ

Hey Mr. DJ you can get this started, Everybodys ready to
party all night all night all the girls are ready so we
can all get to it, so we can party till the break of dawn

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

It's Friday night and the weekends here I need to unwind
with the party Mr DJ

I am ready to call my friends so we can boogie down with
the party heey heeeey Mr DJ

Hey Mr. DJ you can get this started, Everybodys ready to
party all night all night all the girls are ready so we
can all get to it so we can party till the break of dawn

(rap verse)

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

Everybody move your body now do it
Here is somethin thats gonna make you move and groove
Hey DJ keep playin that song all night on and on and on

Do it


Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Heavy D & The Boyz - The Overweight Lovers In The House

HeavyDAndTheBoyzVEVO

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Oran "Juice" Jones - The Rain

OranJuiceJonesVEVO

Music video by Oran "Juice" Jones performing The Rain. (C) 1986 The Island Def Jam Music Group

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

The Fugees - Ready Or Not (with Lauryn Hill)

The Fugees - Ready Or Not (with Lauryn Hill)


Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Vitamina B1

Fontes de vitamina B1 – A carne de porco e produtos de charcutaria, os legumes, as massas e o arroz integral, o fermento, a gema do ovo.

Ação – Age sobre o metabolismo dos açúcares, cuja energia só pode ser utilizada graças à vitamina B1.

Sintomas de carência – Perda de apetite, palpitações, taquicardia, cãibras musculares, desaparecimento de reflexos, depressão, irritabilidade.

Necessidade acrescida em caso de – Forte consumo de álcool, de açúcar e de cafeína.

Indicada no caso de – Nevrites e polinevrites, manifestações dolorosas (ciáticas, lumbagos).

Risco de toxicidade – Não há risco de intoxicação.

Destruída por - Um meio alcalino, alguns métodos de cozedura.

O papel da Vitamina B1 (Tiamina) no organismo.

Uma grande parte da vitamina B1, ou Tiamina, necessária ao nosso organismo é fornecida pela alimentação, apesar de alguns microorganismos presentes no intestino grosso serem capazes de a sintetizar.

Depois de ter sido absorvida pelo intestino, é transportada até o fígado e, daí, para todas as partes do nosso organismo onde desempenha o seu papel. As mais fortes concentrações desta vitamina encontram-se no coração, nos rins, no fígado e no cérebro, mas não se formam verdadeiros depósitos visto que, como acontece com a maior parte das vitaminas hidrossolúveis, o organismo não está em condições de a armazenar. A quantidade absorvida em excesso, em relação às necessidades do organismo, é eliminada na urina. Isto explica por que os casos de hipervitaminose não são correntes e por que, se não tomarmos vitamina B1, mesmo durante um período relativamente breve, corremos um grande risco de carência. A vitamina B1 exerce a sua ação sobre o metabolismo dos açúcares (que estão normalmente presentes nos numerosos alimentos correntes como o pão, as massas e o arroz) onde ela intervém em algumas reações de degradação para fornecer energia ao organismo.

Sinais de carência.

A carência pode surgir no seguimento de um regime prolongado ou pobre em vitamina B1, ou que tenha por base alimentos empobrecidos por tratamentos industriais. Mas geralmente, pelo menos no que diz respeito à população européia, as causas mais frequentes de hipovitaminose são:

Problemas ao nível da absorção intestinal (infecções intestinais, diarréia prolongada, sequela de intervenção cirúrgica nas vias digestivas);

Um consumo excessivo de álcool.

A manifestação patológica clássica provocada pela carência em vitamina B1 é o beribéri caracterizado por graves alterações funcionais:

Da região gastrointestinal;

Do coração;

Do tecido muscular;

Do sistema nervoso.

Os principais sintomas de carência são:

Cansaço, a perda do apetite e a perda de peso;

Problemas cardiovasculares, tais como o aumento do ritmo cardíaco, palpitações, sufocação;

Problemas neurológicos com cãibras musculares, perda de sensibilidade, desaparecimento dos reflexos tendinosos, atrofia muscular, etc.;

Mas, nos nossos dias, só se encontra o beribéri em alguns países orientais onde a alimentação é ainda constituída principalmente pelo arroz descascado. Nos países ocidentais, é hoje muito raro encontrarem-se fenômenos carenciais tão agudos. No entanto, graças ao emprego de testes de diagnósticos mais elaborados, estamos a pôr em evidência, desde há alguns anos, carências (que não possuem ainda manifestações clínicas) mais numerosas do que o previsto, sobretudo entre as pessoas idosas e nos grupos de população que consomem grande número de alimentos muito refinados, industriais ou entre aqueles que têm problemas digestivos que podem comprometer a absorção ou a utilização da vitamina.

A causa mais frequente de carência em vitamina B1 no países europeus e nos Estados Unidos é o consumo excessivo de álcool, que pode provocar manifestações patológicas do foro da neurologia (encefalopatia de Wernicke e a síndrome de Korsakoff). Neste caso, as carências levam a:

Confusão, uma incapacidade de memorizar e de se concentrar;

Irritabilidade, depressão.

Isto deve-se a várias razões:

O álcool interfere com a absorção da vitamina;

As pessoas que bebem muito têm geralmente um regime pobre em alimentos satisfatórios sob o ponto de vista dietético;

Por fim, os danos causados ao fígado são um entrave à utilização normal da vitamina por este orgão.

Fontes alimentares.

A vitamina B1 está presente numa grande variedade de alimentos, mas a maior parte deles só contém uma pequena quantidade de B1. Ela está praticamente ausente das gorduras, dos óleos e dos alimentos muito refinados tais como o açúcar. Existe em pequenas quantidades nos legumes verdes, nas frutas e nos peixes. As fontes principais são: o fermento, o fígado e a carne (principalmente a carne de porco), os produtos de charcutaria (como o fiambre, o chourição, as salsichas), os legumes secos e os cereais integrais.

É interessante observar que, nos grãos de cereias, a vitamina está concentrada no germe e, principalmente, naquele fino compartimento compreendido entre o germe e a parte rica em amido ou endosperma. Ao longo do processo de moagem e refinação, estas partes são eliminadas e, por consequência, uma grande parte da vitamina perde-se. Foi o que, como já tinhamos referido, causou a difusão do beribéri nos países orientais. Este problema foi resolvido de diversas formas: pelo emprego de farinhas menos refinadas, pela adição de Tiamina à farinha branca ou ao arroz e por um tratamento particular do arroz.

Uma quantidade considerável de vitamina B1 perde-se durante a cozedura em água dos alimentos, pois é muito solúvel. Em contrapartida, o simples aquecimento dos alimentos não parece afetar o teor em vitaminas.

Quantidades recomendadas.

As quantidades de vitamina B1 necessárias diariamente estão relacionadas com o número de calorias ingeridas e são tanto mais elevadas quanto mais rica a alimentação for em açúcar. Em geral, a quantidade recomendada é cerca de 0,4 mg para 1000 Kcal, isto é 1,2 mg para um homem adulto com uma atividade física moderada e 1,1 mg para uma mulher.

A seguir as quantidades de alguns alimentos suficientes para cobrirem metade das necessidades diárias em vitamina B1:

100 g de arroz completo

120 g de legumes secos

90 g de carne de porco

80 g de fígado

Alguns fatores dietéticos podem acrescer as necessidades, por exemplo, um consumo elevado de açúcar que necessita da vitamina B1 para ser metabolizado, o consumo de chá ou de café e de algumas espécies de peixes crus, visto que eles comportam substâncias que, ligadas à vitamina B1, a tornam incapaz de assegurar as suas funções metabólicas. Parece ainda, mas isto ainda não foi completamente verificado, que o consumo de tabaco pode ter uma influência negativa sobre a sua atividade.

Indicações terapêuticas.

A vitamina B1 é eficaz para:

As nevrites e as polinevrites;

As síndromes dolorosas;

Algumas cardiopatias;

As manifestações psíquicas do alcoolismo.

A ingestão, mesmo em fortes doses, de vitamina B1 não comporta efeitos tóxicos visto que o excesso de vitamina não é armazenado pelo organismo mas sim eliminado.

Alimentos que possuem vitamina B1:

Presunto, levedura de cerveja, fiambre, ervilhas secas, lentilhas, flocos de aveia, carne magra de porco, ervilhas frescas, feijão seco, gema de ovo, galinha, fígado de vitela, de vaca, de bezerro, biscoitos secos, carne de vitela, massas, ovos, pão integral, frango, pão integral.


 
Obrigado pela visita, e volte sempre.
 pegue a sua no TemplatesdaLua.com

10 CC - I'm not in love



10 CC I'm not in love great song Comment and Rate

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Early In The Morning-The Gap Band


This was directed by George Robbins of www.VidetechProductions.com during the 2005 NBA All Stars Weekend Party Sponsored by Henessey

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Don't Fake The Funk


yaqui1991 | 
Prince Charles And The City Beat Band
Don't Fake The Funk
form the "Stone Killers" 1982 Album

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Fredi Grace & Rhinstone ~ Dog Eat Dog World ♫

ThaGrooveallegiance


Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Odyssey - Going Back To My Roots (HQ Sound)

MysteriousPavel

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

CROWN HEIGHTS AFFAIR ( Sure Shot )

1chrisfunk
 

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Central Line .Walking Into Sunshine.1981

CapitainFunk


Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Donald D - The Groove (Grandmaster Flash - D.J. Hollywood)

 
ticoinjapan | 20 de dezembro de 2008
Donald D - The Groove

Elektra Records 1984

Lyrics By - D.J. Hollywood
Production By - Grandmaster Flash


Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Ya Mama, Wuf Ticket


DemoRadio | 21 de fevereiro de 2008
rap song from the early 80's, it was band from the radio, its another cool rap i can remember studing so i can rap to my homeboys at school, yea back in the dayssssss

Obrigado pela visita, volte sempre.

pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Aretha Franklin- Love All The Hurt Away


arethafan2006 | 30 de abril de 2006
Aretha - Love All The Hurt Away

Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Sharon Bryant - Falling 1989

ArchieGe | 25 de agosto de 2008
From Sharon's Solo Album Here I Am 1989

Biography by Ron Wynn

New York vocalist Sharon Bryant joined Atlantic Starr in the late '70s, and her declarative, sensual voice helped make them a major act after they signed with A&M in 1979. She was featured on such hits as "When Love Calls" and "Circles," both of which were Top Ten R&B singles. Bryant departed the group in 1984, and married Rick Gallaway, a former Change member. She did some session work before cutting her own LP for Wing in 1989, Here I Am. It didn't generate much action, though the single "Foolish Heart" was well received.


Obrigado pela visita, volte sempre.
pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Touch a four leaf clover--Atlantic Starr

24Adrian24



Obrigado pela visita, volte sempre.


pegue a sua no TemplatesdaLua.com

WEEKEND GIRL (Original Full-Length Album Version) - SOS Band


PalmBeach1028 | 22 de janeiro de 2009
From their 1984 Tabu album "Just The Way You Like It", this song reached #40 on the R&B chart in 1985.

Obrigado pela visita, volte sempre.


pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Meditação

Meditação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa







Estátua de Shiva meditando na posição de lótus.
Portal A Wikipédia possui o




Portal do Ocultismo
A meditação encontra-se no meio de dois pólos; a concentração e a contemplação. É comumente associada a religiões orientais. Há dados históricos comprovando que ela é tão antiga quanto a humanidade. Não sendo exatamente originária de um povo ou região, desenvolveu-se em várias culturas diferentes e recebeu vários nomes, floresceu no Egito (o mais antigo relato), Índia, entre o povo Maia, etc. Apesar da associação entre as questões tradicionalmente relacionadas à espiritualidade e essa prática, a meditação pode também ser praticada como um instrumento para o desenvolvimento pessoal em um contexto não religioso.

Etimologia

A palavra meditação vem do latim, meditare, que significa voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar a atenção para dentro de si. Em sânscrito, é chamada dhyana, obtida pelas técnicas de dharana (concentração), no chinês dhyana torna-se Ch'anna e sofre uma contração tornando-se Ch'an e Zen em japonês, em páli é Jhana.

Definição

A meditação costuma ser definida das seguintes maneiras:
  • um estado que é vivenciado quando a mente se torna vazia e sem pensamentos;
  • prática de focar a mente em um único objeto (por exemplo: em uma estátua religiosa, na própria respiração, em um mantra);
  • uma abertura mental para o divino, invocando a orientação de um poder mais alto;
  • análise racional de ensinamentos religiosos (como a impermanência, para os Budistas)

Prática

É fácil se observar que nossas mentes encontram-se continuamente pensando no passado (memórias) e no futuro (expectativas). Com a devida atenção, é possível diminuir a velocidade dos pensamentos, para se observar um silêncio mental em que o momento presente é vivenciado. Através da meditação, é possível separar os pensamentos da parte de nossa consciência que realiza a percepção.
É possível obter total descanso numa posição sentada e por conseguinte atingir maior profundidade na meditação assim dissolver preocupações e problemas que bloqueiam sua mente.

Posição de meia lótus
Uma posição possível é a posição de lótus completo, o pé esquerdo apoiado sobre a coxa direita e o pé direito apoiado sobre a coxa esquerda. Outros podem sentar em meio lótus, o pé esquerdo apoiado sobre a coxa direita ou o pé direito sobre a coxa esquerda. Há pessoas que não conseguem sentar em nenhuma dessas posições e por isso podem sentar a maneira japonesa, ou seja, com os joelhos dobrados e o tronco apoiado sobre ambas as pernas. Pondo alguma espécie de acolchoado sob os pés, a pessoa pode facilmente permanecer nessa posição por hora ou hora e meia.
Mas na verdade qualquer pessoa pode aprender a sentar em meio lótus, ainda que no início possa causar alguma dor. Gradualmente, após algumas semanas de treino, a posição se tornará confortável. No início, enquanto a dor ainda causar muito desconforto, a pessoa, deve alterar a posição das pernas ou a posição de sentar. Para as posturas de lótus completo e meio lótus convém sentar-se sobre uma almofada, de forma a que os dois joelhos se apóiem contra o chão. Os três pontos de apoio dessa posição proporcionam uma grande estabilidade.
Mantenha as costas eretas. Isso é muito importante. O pescoço e a cabeça devem ficar em alinhamento com a coluna. A postura deve ser reta mas não rígida. Mantenha os olhos semi-abertos, focalizados a uns dois metros à sua frente. Mantenha leve sorriso. Agora comece a seguir sua respiração e a relaxar todos os músculos. Concentre-se em manter sua coluna ereta e em seguir sua respiração. Solte-se quanto a tudo mais. Abandone-se inteiramente. Se quiser relaxar os músculos de seu rosto, contraídos pelas preocupações, medo e tristeza, deixe um leve sorriso aflorar em sua face. Quando o leve sorriso surge, todos os músculos faciais começam a relaxar. Quanto mais tempo o leve sorriso for mantido, melhor.
À altura do ventre, pouse sua mão esquerda com a palma voltada para cima sobre a palma da mão direita. Solte todos os músculos dos dedos, braços e pernas. Solte-se todo como as plantas aquáticas que flutuam na corrente, enquanto sob a superfície das águas o leito do rio permanece imóvel. Não se prenda a nada a não ser à respiração e ao leve sorriso.
Para os principiantes, convém não ficar sentado além de vinte ou trinta minutos. Durante esse tempo você tem que ser capaz de obter descanso total. A técnica para tal obtenção reside em duas coisas: observar e soltar, observar a respiração e soltar tudo mais. Solte cada músculo de seu corpo. Após uns quinze minutos, uma serenidade profunda poderá ser alcançada, enchendo-o interiormente de paz e contentamento. Mantenha-se nessa quietude.Esta prática é dos melhores remédios para aliviar o stress.

Duração

Vinte a trinta minutos é provavelmente a duração típica de uma sessão de meditação. Praticantes experientes frequentemente observam que o tempo de suas sessões de meditação se prolongam com o tempo.

Objetivos

Os objetivos podem variar, assim como as técnicas de execução. Ela pode servir simplesmente como um meio de relaxamento da rotina diária, como uma técnica para cultivar a disciplina mental, além de ser um meio de se obter insights sobre a real natureza ou a comunicação com Deus. Muitos praticantes da meditação têm relatado melhora na concentração, consciência, auto-disciplina e equanimidade.

Variantes

Existem métodos que vem conquistando grande aceitação no ocidente, como a meditação feita em pé conhecida o zhan zhuang, devido a sua simplicidade e eficiência é muito praticada na China e Europa. É facilmente executada por pessoas com pouca flexibilidade e dificuldades nos joelhos e coluna, melhorando inclusive a postura. Facilmente praticada em qualquer local é um excelente método procurado por muitos praticantes de artes marciais experientes ou mesmo iniciantes. Esta prática é muito efetiva na redução do estresse.

Contexto


Chakras, centros de energia cultivados na meditação segundo a tradição Tantra.
A divulgação das práticas de meditação no mundo contemporâneo recebeu uma grande contribuição das técnicas milenares preservadas pelas diversas culturas tradicionais do oriente.
Uma das escolas em que ela evoluiu independentemente foi o Sufismo.
Nas filosofias religiosas do oriente, como, Bramanismo, Budismo e suas variações como o Budismo TibetanoZen, Tantra e Jainismo, bem como nas artes marciais como I-Chuan e Tai Chi Chuan, a meditação é vista como um estado que ultrapassa o intelecto, onde a mente é posta em silêncio para dar lugar à contemplação espiritual. Esse "calar a mente" induz uma volta ao centro (meio, daí meditar), para o vazio interior. e

Ver também


Prática da Postura da Árvore forma de meditação em pé considerada uma das práticas fundamentais do Tai Chi Pai Lin.

Ligações externas

Bibliografia

  • American Psychiatric Association. (1994). Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, fourth edition. Washington, D.C.: American Psychiatric Association.
  • Austin, James H. (1999) Zen and the Brain: Toward an Understanding of Meditation and Consciousness, Cambridge: MIT Press, 1999, ISBN 0-262-51109-6
  • Azeemi, Khwaja Shamsuddin (2005) Muraqaba: The Art and Science of Sufi Meditation. Houston: Plato, 2005, ISBN 0-9758875-4-8
  • Carlson LE, Ursuliak Z, Goodey E, Angen M, Speca M. (2001) The effects of a mindfulness meditation-based stress reduction program on mood and symptoms of stress in cancer outpatients: 6-month follow-up. Support Care Cancer. 2001 Mar;9(2):112-23.PubMed abstract PMID 11305069
  • Craven JL. (1989) Meditation and psychotherapy. Canadian Journal of Psychiatry. Oct;34(7):648-53. PubMed abstract PMID 2680046
  • Davidson RJ, Kabat-Zinn J, Schumacher J, Rosenkranz M, Muller D, Santorelli SF, Urbanowski F, Harrington A, Bonus K, Sheridan JF. (2003) Alterations in brain and immune function produced by mindfulness meditation. Psychosomatic Medicine 2003 Jul-Aug;65(4):564-70. PubMed abstract PMID 12883106
  • Bennett-Goleman, T. (2001) Emotional Alchemy: How the Mind Can Heal the Heart, Harmony Books, ISBN 0-609-60752-9
  • Hayes SC, Strosahl KD, Wilson KG. (1999) Acceptance and Commitment Therapy. New York: Guilford Press.
  • Kabat-Zinn J, Lipworth L, Burney R. (1985) The clinical use of mindfulness meditation for the self-regulation of chronic pain. Journ. Behav. Medicine. Jun;8(2):163-90. PubMed abstract PMID 3897551
  • Kutz I, Borysenko JZ, Benson H. (1985) Meditation and psychotherapy: a rationale for the integration of dynamic psychotherapy, the relaxation response, and mindfulness meditation. American Journal of Psychiatry, Jan;142(1):1-8. PubMed abstract PMID 3881049
  • Lazar, Sara W.; Bush, George; Gollub, Randy L.; Fricchione, Gregory L.; Khalsa, Gurucharan; Benson, Herbert (2000) Functional brain mapping of the relaxation response and meditation [Autonomic Nervous System] NeuroReport: Volume 11(7) 15 de Maio 2000 p 1581–1585 PubMed abstract PMID 10841380
  • Perez-De-Albeniz, Alberto & Holmes, Jeremy (2000) Meditation: Concepts, Effects And Uses In Therapy. International Journal of Psychotherapy, March 2000, Vol. 5 Issue 1, p49, 10p
  • Shalif, I. et al. (1985) Focusing on the Emotions of Daily Life (Tel-Aviv: Etext Archives, 1990)
  • Shapiro DH Jr. (1992) Adverse effects of meditation: a preliminary investigation of long-term meditators. Int. Journal of Psychosom. 39(1-4):62-7. PubMed Abstract PMID 1428622
  • Venkatesh S, Raju TR, Shivani Y, Tompkins G, Meti BL. (1997) A study of structure of phenomenology of consciousness in meditative and non-meditative states. Indian J Physiol Pharmacol. 1997 Apr;41(2): 149–53. PubMed Abstract PMID 9142560
  • Osho (2006) Mente Tranqüila CELEBRIS, ISBN 85-89219-64-X
  • Osho (2006) Meditações para o Dia VERUS EDITORA LTDA, ISBN 85-7686-006-6


Obrigado pela visita, e volte sempre. pegue a sua no TemplatesdaLua.com

Reação de uma feminista, quando um homem diz bom dia !!!

Obrigado pela visita, volte sempre.